Mato Grosso, Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020     
Comitê Acompanhamento COVID
Unemat divulga nova nota orientativa sobre atividades institucionais para enfrentamento do Covid-19
COMUNICADO
Unemat divulga nova nota orientativa sobre atividades institucionais para enfrentamento do Covid-19
16/03/2020 16:50:21
por Danielle Tavares

ATUALIZAÇÃO: Em adequação ao decreto do Governo do Estado, Unemat suspende atividades institucionais

 

 

O Comitê de Monitoramento do novo Coronavírus divulgou, nesta segunda-feira (16/03), nota orientativa nº02/2020 com novo posicionamento e recomendações preventivas para as atividades institucionais. As decisões e posicionamentos podem ser atualizados a qualquer momento, frente a novas evidências científicas e avanço da pandemia do COVID-19. Leia a nota a seguir na íntegra:

 

Hoje, 16 de março de 2020, o estado de Mato Grosso encontra-se no nível 2 -Emergência/Contenção, isto significa risco de introdução do COVID-19, porém não se registrou caso confirmado. Dessa forma, as orientações específicas para as ações da Unemat são as seguintes:

 

RECOMENDAÇÕES PREVENTIVAS PARA ATIVIDADES INSTITUCIONAIS

Sempre que possível manter abertas as janelas das salas;

Estimular a lavagem das mãos antes de adentrarem a sala e/ou laboratório, ou uso de álcool a 70%;

Organizar disposição das carteiras de forma a respeitar a maior distância possível entre os alunos;

No caso de detectar algum aluno com sintoma de gripe orientá-lo a permanecer em casa e em caso de agravamento do quadro (dificuldades para respirar), usar máscara e procurar o serviço de saúde para atendimento;

Buscar estratégias pedagógicas para que o aluno que precise ficar em casa possa ter acesso ao conteúdo, utilizando-se de mecanismos de regime domiciliar (estudos dirigidos, por exemplo);

Técnicos de laboratório que atuam com secreções humanas deverão redobrar os cuidados de higiene e prevenção;

Suspender temporariamente o registro do ponto eletrônico para todos servidores da Instituição;

Optar por ações que não gerem contato e aglomeração de pessoas, verificando a possibilidade de reagendamento daquelas que estão programadas;

Adequar as ações e reuniões para que possam ser realizadas virtualmente;

Evitar viagens e realizar somente aquelas estritamente necessárias;

De acordo com recomendações nacional e estadual, orientamos adiar quaisquer viagens que estejam programadas para os estados do Rio de Janeiro, São Paulo e países onde a transmissão do vírus esteja considerado em fase de disseminação comunitária. A extensão desta medida poderá ser ampliada na medida em que novas recomendações sejam divulgadas;

Suspender a participação em atividades institucionais de pessoas que tenham estado nos últimos 10 dias nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro ou países onde a transmissão do vírus esteja considerado em fase de disseminação comunitária;

Servidores e acadêmicos que estiveram nos últimos 10 dias nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro ou países onde a transmissão do vírus esteja considerado em fase de disseminação comunitária, deverão permanecer em regime domiciliar por período mínimo de sete dias e manter a Instituição informada de seu estado de saúde, por meio do coordenador do curso ou chefia imediata;

Quando possível manter os carros institucionais ao sol e deixar ventilar por 30 minutos antes do uso;

Além das limpezas habituais, limpar e desinfetar as superfícies dos banheiros pelo menos uma vez ao dia com desinfetante e água sanitária;

Jalecos oriundos dos laboratórios de ensino e pesquisa devem ser lavadas com água e sabão, evitar agitar/sacudir e secá-los ao sol;

Reforçar os cuidados técnicos padrões de utilização dos laboratórios e atividades práticas;

Acompanhar periodicamente os informativos do Ministério da Saúde, da Secretaria de Estado da Saúde de Mato Grosso e deste comitê, pois de acordo com a alteração de cenário epidemiológico do Estado serão tomadas novas medidas administrativas;

Não postar nos grupos qualquer notícia, ditas “fake news” sobre o COVID-19. Atitudes como estas têm muito impacto no coletivo, portanto temos que tratar esse assunto com muito respeito e responsabilidade social evitando criar pânico.

 

ORIENTAÇÕES GERAIS

Etiqueta respiratória: cobrir a boca e o nariz durante a tosse e espirros usando lenços de papel ou cotovelo flexionado, seguido de higiene das mãos;

O uso de máscaras não é recomendado pela OMS para indivíduos assintomáticos. As máscaras são recomendadas para pessoas com sintomas;

Realizar higiene das mãos preferencialmente com água e sabão e utilizando toalhas de papel descartáveis para secar as mãos ou utilizar álcool gel (70%);

Evitar abraços, apertos de mãos e beijos;

Em casos de sintomas de gripe, não vá para a universidade, permaneça em casa e em caso de agravamento do quadro (dificuldades para respirar), usar máscara e procurar o serviço de saúde para atendimento;

Em caso de após atendimento médico houver suspeita de contaminação pelo COVID-19, informar imediatamente o coordenador do curso ou chefia imediata, os quais deverão providenciar que a informação chegue ao comitê central de monitoramento do coronavírus da UNEMAT no gabinete da Reitoria pelos telefones:

(65) 99978.9622 – Professor Dionei José da Silva

(65) 99989.0012 – Professor Anderson Marques do Amaral

(65) 99967.5203 – Professora Ana Cláudia Pereira Terças Trettel

E-mail institucional: comitecovid@unemat.br

 

CONTEXTUALIZAÇÃO

Em 31 de dezembro de 2019, o escritório nacional da Organização Mundial de Saúde (OMS), na China, foi informado sobre a ocorrência de casos de pneumonia de etiologia desconhecida na cidade de Wuhan, Província de Hubel. Em 09 de janeiro, houve a divulgação da detecção de um novo Coronavírus (COVID19) em um paciente hospitalizado com pneumonia em Wuhan. Desde então, casos da doença tem sido registrados em outras cidades da China e em outros países (Organização Mundial da Saúde, 2020a).

A avaliação de risco da Organização Mundial da Saúde (OMS), a partir de 27/01/2020, classificou a evolução deste evento como de Risco Muito Alto para a China e, de Alto Risco para o nível regional e global.

Em 30/01/2020, a OMS declarou o surto de Doença Respiratória Aguda pelo COVID19 como uma Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional (ESPII) e em 11 de março de 2020 declarou pandemia, com o registro de 125.048 casos e 4.613 óbitos no mundo, sendo esses dados atualizados até 12 de março de 2020.

No Brasil, até 15 de março foram confirmados 200 casos, em São Paulo, Distrito Federal, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Bahia, Alagoas, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Amazonas, Sergipe, Rio Grande do Norte e Santa Catarina, sendo que permanecem 1.913 suspeitos em investigação. Em Mato Grosso houve 23 suspeitos, desses sete foram descartados, outros sete foram excluídos e nove permanecem sob suspeita para COVID19 (Nota Informativa 11 -2020/COE/SES/MT – 13-03-2020).

Quando vivenciamos a situação de pandemia faz-se necessário estar preparado para respondermos ao problema de acordo com três níveis de resposta: Alerta, Perigo Iminente e Emergência em Saúde Pública. Cada nível é baseado na avaliação do risco do COVID19 afetar a região e o impacto na saúde. O risco será́ avaliado e revisto diariamente, tendo em vista o desenvolvimento de conhecimento científico e situação em evolução, para garantir que o nível de resposta seja ativado e as medidas correspondentes sejam adotadas.

A Unemat instituiu o Comitê de Monitoramento do novo Coronavírus, composto por membros especialista da área da saúde e gestores da instituição, com o objetivo de monitorar a expansão do vírus no país e estado de Mato Grosso, instituindo medidas preventivas, a fim de evitar a disseminação em nossa comunidade e fornecer informações e orientações atuais aos discentes e servidores (professores, técnicos e prestadores de serviços) de nossa instituição.

A Unemat, por meio deste comitê, orientará as ações e procedimentos a serem adotados em toda a instituição, assim como prestará orientações para tomada de decisões em casos pontuais.

 

         Comitê de Monitoramento do novo Coronavírus

(65) 99978.9622 – Professor Dionei José da Silva

(65) 99989.0012 – Professor Anderson Marques do Amaral

(65) 99967.5203 – Professora Ana Cláudia Pereira Terças Trettel

(65) 99972.6377- Pró-reitor de Administração Tony Hirota Tanaka

(65) 99634.3790 – Jornalista Danielle Tavares

 

Assessoramento técnico:

Enfermeira Professora Ana Cláudia Pereira Terças Trettel

Médico Professor Luiz Carlos Pieroni

Médica Ana Maria Gonçalves

 

 

Salvar esta página   Imprimir notícia   Enviar notícia por e-mail Visitas: 21326 | Impressões: 52
Compartilhar no Facebook

Notícias relacionadas

  • Nenhuma notícia relacionada

Rede Social


Copyright 2020 - Universidade do Estado de Mato Grosso
Av. Tancredo Neves, 1095 - Cavalhada III
78217-900 - Cáceres - Mato Grosso
PABX +55 (65) 3221-0000